28
Ago 10
28
Ago 10

Bicarbonato de sódio como... shampoo

 

Na sequencia de um post anterior em que falei do consumo exagerado de produtos de higiene e de limpeza cá fica mais uma sugestão.

 

Experimentei há tempos usar bicarbonato de sódio em vez do shampoo habitual, algo que já tinha ouvido falar. Ao contrário do que imaginava o meu cabelo até nem ficou seco como palha ou com ar de sujo. Realmente não há a sensação agradável do perfume ou da espuma mas não foi tão mal como pensava. Não digo que vá abandonar da vez o shampoo convencional mas é possivel reduzir a quantidade usada fazendo algumas substituições.

 

Não é nenhuma mudança radical mas é mais um passo para um dia a dia mais natural e menos poluente.

publicado por oxarim às 16:14 | comentar | ver comentários (3) | favorito
25
Ago 10
25
Ago 10

Mel em vez de açúcar

 

Uma das principais formas de reduzir o aquecimento global é evitar ao máximo o transporte de mercadorias consumindo produtos locais.

 

O açúcar é um dos produtos que todos consumimos todos os dias e que não é produzido por cá. A cana do açúcar dá-se bem em climas tropicais onde há bastante humidade e temperaturas altas, algo que não se encontra na Europa. O açucar que consumimos é trasnportado por longas distâncias até cá chegar produzindo assim dioxido de carbono em grandes quantidades. Além disso até chegar ao seu estado final o suco extraído da cana é submetido ao processo de refinação que inclui várias fases e produz ainda mais poluição.

 

Na sua boa intenção uma empresa de refinação de açúcar inclui no seu site um vídeo com todos esses processos e indica até a proveniência do açúcar que comercializa como podem ver aqui.

 

Tudo isto pode ser evitado se começar a usar mais o mel em vez do açúcar. Não é dificil encontrar mel caseiro produzido em Portugal. Além de ajudar o ambiente estará a usar um alimento mais completo, que contém por exemplo mais vitamina C, calcio, magnésio, potássio e fósforo do que o açucar branco refinado.

 

Se não gostar de mel pode sempre optar pelo açucar amarelo que não passa pelo processo de refinação, evitando assim alguma poluição e gasto de energia e consumindo um produto mais puro e muito mais nutritivo.

 

Pode comparar a composição do açúcar branco, do açúcar amarelo(mascavo) e do mel nesta tabela nutricional por exemplo.

 

É uma mudança de hábitos pequena mas uma grande ajuda para o ambiente.

publicado por oxarim às 18:28 | comentar | favorito
19
Ago 10
19
Ago 10

10 outubro - um dia em defesa do clima

 

O próximo dia 10 de Outubro será um dia dedicado ao combate às mudanças climáticas.

O leque de actividades é muito variado: caminhadas, acções de formação, plantação, passeios de bicicleta, etc. Tudo é permitido desde que tencione alertar para este problema ou combatê-lo directamente.

Pode pesquisar os eventos já registados ao até criar o seu próprio evento de forma a dinamizar a sua zona, seguindo ou não as sugestões dadas..

Pode encontrar tudo isso aqui. (Pode escolher a língua em cima à esquerda)

 

Para quem está por fora do assunto das alterações climáticas, ou ainda acredita que o aquecimento global é um mito pode ler este post publicado há dias.

 

Eu já encontrei uma actividade perto da minha zona e espero que tudo corra pelo melhor.

Quanto mais iniciativas melhor, e se os problemas climatéricos ainda não o fazem sair do sofá pense ao menos que pode ser uma boa forma de passar um domingo diferente.

publicado por oxarim às 15:36 | comentar | favorito
09
Ago 10
09
Ago 10

Tigres em extinção

 

Muito se tem falado sobre a importância da biodoversidade e da rápida extinção de várias espécies.

Mas isto por vezes pode soar a exagero e distante do nosso quotidiano, e facilmente desprezamos estes apelos. Ouvimos que determinada espécie se extinguiu e lembramos dos dinossauros e das aulas de história. Mas é tudo mais real e próximo do que imaginamos.

 

E se lhe disser que neste momento estima-se que já só existam 3200 tigres no mundo? Parece impossível? Saiba que é possível que ainda viva para ouvir a noticia de que já não há nenhum tigre vivo. Sim, esse animal que é quase um ícone da vida selvagem que desde pequenos vimos em lindas imagens e até em desenhos animados (eu sou da era do Aladino). Estamos numa época de mudança mas não por razões naturais. Os tigres não estão a morrer devido a uma mudança climatérica ou a uma nova doença, estão a morrer por nossa causa. A caça ilegal para venda de peles, ossos e órgãos e a destruição dos seus habitats são as verdadeiras causas.

 

E que posso eu fazer uma vez que não caço tigres, não destruo florestas e vivo em Portugal?

 

  • Obviamente diga não ao uso de pele animal participando em campanhas.
  • A medicina chinesa usa partes de órgãos de tigres como ingredientes para vários "remédios" e superstições. Diga não a todos estes produtos.
  • Florestas tropicais que serviam de habitat aos tigres têm sido destruidas não só pela necessidade de terreno mas também pelas madeiras exoticas. Procure saber sempre a proveniencia das madeiras daquilo que compra e não dúvida não compre madeiras exóticas.
  • Faça uma doação para esta causa aqui.

Só um esforço conjunto pode trazer resultados e evitar a extinção destes animais.

publicado por oxarim às 20:43 | comentar | ver comentários (1) | favorito