Mel em vez de açúcar

 

Uma das principais formas de reduzir o aquecimento global é evitar ao máximo o transporte de mercadorias consumindo produtos locais.

 

O açúcar é um dos produtos que todos consumimos todos os dias e que não é produzido por cá. A cana do açúcar dá-se bem em climas tropicais onde há bastante humidade e temperaturas altas, algo que não se encontra na Europa. O açucar que consumimos é trasnportado por longas distâncias até cá chegar produzindo assim dioxido de carbono em grandes quantidades. Além disso até chegar ao seu estado final o suco extraído da cana é submetido ao processo de refinação que inclui várias fases e produz ainda mais poluição.

 

Na sua boa intenção uma empresa de refinação de açúcar inclui no seu site um vídeo com todos esses processos e indica até a proveniência do açúcar que comercializa como podem ver aqui.

 

Tudo isto pode ser evitado se começar a usar mais o mel em vez do açúcar. Não é dificil encontrar mel caseiro produzido em Portugal. Além de ajudar o ambiente estará a usar um alimento mais completo, que contém por exemplo mais vitamina C, calcio, magnésio, potássio e fósforo do que o açucar branco refinado.

 

Se não gostar de mel pode sempre optar pelo açucar amarelo que não passa pelo processo de refinação, evitando assim alguma poluição e gasto de energia e consumindo um produto mais puro e muito mais nutritivo.

 

Pode comparar a composição do açúcar branco, do açúcar amarelo(mascavo) e do mel nesta tabela nutricional por exemplo.

 

É uma mudança de hábitos pequena mas uma grande ajuda para o ambiente.

publicado por oxarim às 18:28 | comentar | favorito