Os trangénicos já estão no seu prato - saiba quais alimentos

 

 

Explicando de forma simples podemos dizer que um alimento transgénico é um alimento cujo ADN foi modificado pelo homem. Para quem não sabe, o ADN é como que um código químico presente em todas as células que determina todas as características de um ser. Imagine por exemplo que há uma dada espécie de fruto que tem uma polpa doce mas uma casca muito dura e espessa. O que se poderia tentar a nível de genética seria mudar o ADN das células desse fruto introduzindo uma informação (presente por exemplo em outro fruto) que levasse-o a produzir uma casca fina e mole. Teriamos assim um fruto doce com casca fina o que poderia ser bom para comercializar.Isto é só um exemplo do que se pode tentar fazer a nível de genética. Na verdade há soluções muito complexas mas que visam sempre algum lucro final, no caso dos alimentos trangénicos.

Tudo isto poderia ser muito proveitoso, não fosse dar-se o caso de ainda não sabermos o suficiente sobre o efeito de transgénicos na nossa alimentação. Ao mexer no ADN estamos a interferir na essencia de um ser e a alterar aquilo que a selecção natural levou milhares de anos a aperfeiçoar. Apesar de nos poder trazer imensos benefícios acho pessoalmente que a engenharia genética deveria ser usada com precaução e com legislação rigorosa. Mesmo para além da questão ética o que se impõe neste momento é o direito de informação e escolha por parte do consumidor. Uma vez que os riscos dos trangénicos na alimentação ainda não estão claros deveria ser dado ao consumidor a hipotese de escolher se quer ou não consumí-los.Isto para não falar na possivel contaminação indirecta, ao comer carne de animais alimentados com transgénicos.

 

Sabia por exemplo que vários óleos alimentares à venda em Portugal são já geneticamente modificados? Clique aqui e veja quais. Haverá provavelmente mais alimentos trangénicos do que os rotulos revelam. Para mais informações sobre o assunto, a para agir contra a difusão descontrolada dos trangénicos siga este link.

publicado por oxarim às 16:13 | comentar | favorito