Cancun 2010 - resultados (ou falta deles)

 

Depois do fracasso de Copenhaga parece que a cimeira em Cancún não veio acrescentar muito.

 

Essencialmente ficou acordado que a aplicação da segunda fase do protocolo de Quioto fica adiada para data indeterminada.

 

Segundo Francisco Ferreira da Quercus: «houve um número de progressos específicos, incluindo o estabelecimento de um fundo climático verde, um processo para avaliar os diferentes aspectos das perdas e danos causados pelas alterações climáticas, o registo das acções dos países em desenvolvimento, bem como o reconhecimento de que as metas de emissões não são suficientemente ambiciosas»

 

Mais uma vez foram adiadas as verdadeiras medidas necessárias, ficando tudo pela eterna conversa: "Sim, isto está mal, mas os próximos que o resolvam que pra já a gente sobrevive"

 

Os títulos da imprensa não podiam ser mais enganadores, o Sol por exemplo diz " Países alcançam acordo de princípio em Cancun". O público é assim levado a acreditar na eficácia destas reuniões e a sossegar, pensando que os seus líderes estão a tomar as medidas necessárias, e: "Se eles não têm pressa por que havemos nós de nos alarmar?"

 

E assim se empurra o problema, marcando mais uma próxima reunião em Durban onde a gente se encontra de novo para falar mais um pouco sobre o assunto e gastar o dinheiro dos contribuintes em mais uns dias de passeio e luxo.

publicado por oxarim às 13:51 | comentar | favorito